Alemanha, Berlim 

Aeroporto Berlim-Tegel

arrowImagesarrow

Concurso 1965 – 1º lugar
Concepção
Meinhard von Gerkan, Volkwin Marg, Klaus Nickels
Parceiros Rolf Niedballa, Klaus Staratzke, Karsten Brauer
Equipe do projeto
Marina Auder, Ursula August, Gerd Bickenbach, Carsten Brockstedt, Hans Buchka, Hans Dieke, Bernd Eickemeyer, Uwe Ferdinand, Gudrun Fleher, Andreas Franz, Lothar Gerhardt, Maren Gräbner, Rudolf Henning, Wolfgang Hertel, Hans Herzlieb, Wulf Hönnicke, Christian von Hopfgarten, Manfred Illig, Barbara Nehmeyer, Damir Perisic, Peter Römer, Gottfried Seule, Helge Pitz, Christel Schmitt, Manfred Wetter, Gretchen Ziese, Wernere Zimmer
Comitente Parlamento
Estadual de Berlim
Cliente
Berliner Flughafen-Gesellschaft mbH (Aeroportos de Berlim - Sociedade de Responsabilidade Limitada)
Período de construção
1970–1975
Área coberta
28.000 m²

 

Photographers:

gmp Archiv

Landesbildstelle Berlin

www.landesarchiv-berlin.de

A forma geral do projeto deste aeroporto em forma de drive-in foi pré-estruturada o máximo possível, de modo que todas as expansões futuras permaneçam como partes de um todo. Tal como todas as estruturas, escadas, os tetos, pisos e objetos de decoração foram projetados a partir da mesma lógica geométrica. O princípio geométrico de organização de grade triangular na planta encontra seu paralelo no alçado. A estrutura da armação de concreto foi mantida de forma visível tanto no seu interior como no exterior. Enquanto todas as funções superordenadas estão concentradas, o anel de portões de embarque permite principalmente o check-in de passageiros e o despacho de aeronaves de modo direto e descentralizado. As chegadas e partidas encontram-se em um nível. Além do planejamento do aeroporto, a gmp também foi incumbida de todos os planejamentos individuais para o prédio de serviços, o planejamento das ruas, pontes e pistas de decolagem e aterrissagem, bem como do paisagismo, sistema de informação e dos projetos de quase toda a decoração de interiores.