África do Sul, Cidade do Cabo  

Cape Town Stadion

arrowImagesarrow

Consultoria 2006 – 1º lugar
Concepção
Volkwin Marg e Hubert Nienhoff com Robert Hormes
Gerente de projeto
Robert Hormes
Coordenação do projeto
Michèle Rüegg
Colaboradores
Christian Blank, Margret Böthig, Sophie-Charlotte Altrock, Lena Brögger, Martin Glass, Chris Hättasch, Patrick Hoffmann, Andrea Jobski, Martin Krebes, Holger Betz
Engenharia estrutural
Schlaich Bergermann und Partner; BKS Ltd.; Iliso Consulting; Henry Fagan & Partners; KFD Wilkinson; Arcus Gibb, Cidade do Cabo
Grupo de trabalho com
Louis Karol architects, Point architects, Cidade do Cabo
Execução do projeto
MDA Mitchell du Plessis Associates, BKS (pty ltd), engineering and management, Ariya project managers, Ngonyama Okparnum Associates, Cidade do Cabo
Projeto luminotécnico
Conceptlicht, Traunreut
Empresa contratante
Murray & Roberts, WBHO
Cliente
City of Cape Town, spv 2010
Assentos
68.000
Período de construção
2007–2009

 

Photographers:

Bruce Sutherland

Marcus Bredt

www.marcusbredt.de

A disposição geográfica única da Cidade do Cabo é caracterizada pela interação entre a Montanha da Mesa e a colina Signal Hill, formando uma suave paisagem montanhosa cercada pelo Oceano Atlântico.

O estádio Greenpoint se encontra como um corpo solitário, encaixado no Parque Greenpoint Common ao sopé da Signal Hill e respeitosamente adaptado ao conjunto da paisagem.

A cobertura externa no estádio foi projetada como uma estrutura de membrana abstrata e ordenada linearmente. Sua singular silhueta ondulada, resultante da geometria do corpo do estádio, transforma o estádio em um objeto escultural e intensifica sua integração à paisagem existente.

A leve estrutura de membrana, composta por amplos elementos côncavos, forma uma fachada fluida e homogênea, que segue a forma ondulada do estádio. A cor clara da membrana de fibra de vidro ressalta esse efeito, enquanto sua coloração produz a sensação de profundidade e vivacidade. Durante o dia, a superfície translúcida absorve e reflete o efeito da luz natural. Quando o sol se põe, o estádio é banhado por um brilho avermelhado ou azulado em um dia de verão ou cinzento durante um dia tempestuoso de inverno.

O estádio foi projetado para abrigar jogos de futebol e rúgbi e oferecer aos espectadores cerca de 68 mil lugares distribuídos em três arquibancadas: 1.800 são assentos executivos e 1.500 são destinados a convidados VIPs e à imprensa. Graças à inclinação, todos os lugares possuem uma excelente visão do campo.

O interior do estádio foi concebido de forma a direcionar a atenção inteiramente ao campo, criando uma atmosfera intensa e emocionante.

A estrutura da cobertura é uma combinação de cobertura suspensa com sistemas de cabos radiais. A cobertura ondulada é revestida de painéis de vidro de segurança laminado, sendo seu interior coberto por uma membrana diáfana. O espaço entre a cobertura de vidro e a membrana serve para integrar elementos técnicos, como sistemas acústicos e luminotécnicos, oferecer proteção contra intempéries e absorver o som.

Com sua discrição reverente, o estádio está destinado a se tornar um dos símbolos da cidade. Ele valoriza o entorno do Greenpoint Common e serve de impulso para outros desenvolvimentos positivos da estrutura urbana adjacente, do bairro e de toda a área urbana do entorno.