China, Shenzhen 

Universiade Sports Center

arrowImagesarrow

Concurso 2006 – 1° lugar
Concepção Meinhard von Gerkan e Stephan Schütz com Nicolas Pomränke
Gerente de projeto Ralf Sieber
Colaboradores Xu Ji, Alexander Niederhaus, Huang Cheng, Niklas Veelken, Martin Gänsicke, Stephanie Brendel, Marlene Törper, Andrea Moritz, Zheng Xin, Kralyu Chobanov, Chen Zhicong, Thomas Krämer, Lin Wei, Martin Schulte-Frohlinden, Plamen Stamatov, Christian Dorndorf, Lian Kian, Zhou Bin, Tobias Keyl, Li Ling, Helge Lezius, Meng Xin, Kuno von Haefen
Parceiros na China SADI (estádio), CNADRI (ginásio multifuncional), CCDI (quadra de natação), BLY (paisagismo)
Concepção e planejamento da estrutura da cobertura schlaich bergermann und partner – Sven Plieninger com Wei Chen
Instalações técnicas IG Tech
Projeto luminotécnico Conceptlicht
Projeto acústico Acoustic Design Ahnert
Projeto da fachada Shen und Partner
Cliente Bureau of Public Works of Shenzhen Municipality
Período de construção 2007–2011
Área planejada 870.000 m²
Assentos no estádio 60.000
Assentos no ginásio multifuncional 18.000
Assentos no ginásio de natação 3.000

 

Photographers:

Christian Gahl

www.christiangahl.com

Formas arquitetônicas cristalinas em jardim paisagístico
Em 2005, a cidade de Shenzhen, localizada à frente de Hong Kong, candidatou-se para sediar a 26º Universíade de Verão de 2011. Somando-se o número de atletas participantes, a Universíade de Verão pode ser considerada a segunda maior competição poliesportiva, ficando atrás apenas dos Jogos Olímpicos de Verão. O areal com diversas instalações esportivas leva em consideração o enorme crescimento da cidade às margens do delta do rio das Pérolas e inclui a paisagem do entorno na concepção de uma "cidade dos esportes". Em janeiro de 2007, Shenzhen ganhou a concorrência para sediar a 26ª Univeríade de Verão 2011.

Objetivo do planejamento
O Centro Esportivo da Universíade pode atender tanto às exigências de eventos esportivos internacionais quanto à organização de outros tipos de eventos e shows de grande e pequeno porte. O objetivo é criar um projeto simbólico e significativo do ponto de vista cultural para a cidade de Shenzhen. Ao mesmo tempo, foram levadas em conta as instalações públicas do parque esportivo que, após as realizações dos eventos, deveria estar à disposição da população como um espaço de lazer e descanso. O novo bairro oferece diversas instalações esportivas, área residencial, espaços de lazer e centros comerciais. Tanto as instalações esportivas – estádios, ginásios multifuncionais e de piscinas cobertas – quanto as zonas urbanas se integram perfeitamente à paisagem ao redor do sopé da montanha Tong Gu Ling, situada no centro da região.

Plano diretor
A concepção foi inspirada pela paisagem montanhosa do entorno. Assim foi possível criar no terreno do centro esportivo uma modulação topográfica com vias de tráfego em diferentes níveis.
Um lago artificial liga o estádio, situado no sopé da montanha, com o ginásio multifuncional ao norte e o ginásio de piscinas retangular a oeste. O acesso de cada estádio em direção à praça central se dá por meio de uma via elevada. Com duas edificações de 150 metros de altura, o centro de serviços localizado ao norte corresponde ao limite do complexo esportivo.

Concepção
Todo o complexo é um jardim paisagístico ampliado com elementos típicos de um jardim tradicional chinês: caminhos de água e plantas simbolizam movimento e evolução, enquanto estruturas cristalinas em forma de pedras e rochedos representam continuidade e estabilidade. O diálogo entre a paisagem de contornos fluidos e a expressiva arquitetura dos estádios define o conceito do projeto. A forma cristalina dos três estádios é destacada ainda mais com a ajuda da iluminação noturna das fachadas translúcidas.

Estádio Principal
O estádio foi projetado como estádio multifuncional e atende às exigências de eventos esportivos e shows locais, nacionais e internacionais. Juntos podem abrigar cerca de 60.000 espectadores que encontram seus assentos distribuídos em três tribunas. Na arquibancada central encontra-se a tribuna de honra com aproximadamente 200 lugares e os respectivos camarotes. Entre as arquibancadas central e superior estão dispostos 60 camarotes VIP com seus respectivos assentos. No nível do campo, sob as arquibancadas, foram acomodados todos os espaços técnicos e funcionais. Aqui foi criada uma zona mista, prevista como ponto de encontro entre convidados de honra e representantes dos meios de comunicação. O acesso de cada grupo ocorre separadamente por entradas exclusivas.

A Sport Plaza serve de entrada principal para os espectadores. Os acessos à arquibancada inferior e às escadas para as arquibancadas central e superior se alternam com quiosques e instalações sanitárias. Mesmo de longe, as amplas passagens permitem uma ótima visão do campo, o que facilita a orientação. Doze amplas escadas circundam todo o estádio e levam à arquibancada superior arqueada, proporcionando uma vista impressionante da estrutura da cobertura e dos outros estádios. A arquibancada superior está dividida em duas partes composta de dois arcos, seguindo sua forma quase circular. Assim, a silhueta do estádio é intensificada tanto se vista de dentro quanto de fora.

Cobertura e fachadas

A cobertura ganha um vão de até 65 metros e foi projetada como uma sanfona de aço sobre uma base triangular, com um diâmetro total de 310 metros de comprimento e 290 metros de largura. A cobertura e a fachada são compostas de três camadas. A camada externa da fachada é revestida de vidro translúcido feito de placas triangulares de vidro laminado ou chapas de policarbonato. A membrana interna igualmente translúcida atende aos requisitos relacionados aos níveis de sombra e isolamento acústico e servem de superfície de reflexão para a iluminação da fachada. Na camada intermediária encontra-se a estrutura dobrada de aço primária e secundária. Além disso, a maior parte da instalação técnica está integrada nessa área.

Ginásio multifuncional
O ginásio de esportes em forma de uma arena circular multifuncional foi projetado tanto para competições esportivas tradicionais ou de esportes no gelo quanto para shows, convenções e exposições e tem capacidade para receber 18.000 espectadores. Os assentos estão distribuídos em duas arquibancadas, sendo as fileiras inferiores com 3.000 assentos arquibancadas móveis. A disposição dos assentos garante uma visão ideal a partir de qualquer fileira e oferece perfeita circulação e distribuição dos espectadores.

Estádio de natação
O estádio de natação é o terceiro centro esportivo mais importante da Universíade. Sua forma arquitetônica leva em consideração as exigências funcionais de edificações dessa natureza, bem como o conjunto dos volumes cristalinos do complexo esportivo. Os 3.000 espectadores encontram seus assentos distribuídos em duas arquibancadas da quadra de competições. Ao lado desta quadra, está localizada outra quadra disponível para a fase de aquecimento ou a prática de esportes populares.